Goodbye Amy

23 de julho de 2011 ficará marcado para sempre na história da música mundial porque  foi encontrada morta, em seu apartamento em Londres, a genial cantora responsável por ressuscitar o soul e mesclá-lo com genialiadade os ritmos como rock e blues, Amy Winehouse.

Que seus escândalos frequentes, abuso de álcool e drogas, agressões à alguns fãs e repórteres mancharam sua curta, mas brilhante, carreira, não há dúvida. Mas há a certeza, também, de que ela foi uma  das vozes  femininas mais incríveis do século XXI. Uma artista completa que, além de arrancar suspiros com sua forma única de interpretar, escrevia canções de um jeito tão próprio que o único adjetivo a ser usado para definir tal inteligência e talento é: o jeito Amy Winehouse de escrever.

Com apenas dois álbuns de estúdio lançados, Frank (2003) e o aclamado Back To Black (2006) ,e um DVD. A inglesa implacou mega hists como Rehab, You Kown I’m Not Good e Love Is a Losing Game. Sem contar que durante sua carreira foi indicada à prêmios 58 vezes e ganhou 23 deles.

Infelizmente ela entrou pra lista de músicos considerados gênios de sua geração que morreram aos 27 anos por motivos ligados às drogas: Kurt Cobain, Jimi Hendrix, Jim Morrison e Janis Joplin… Até quando iremos perder gênios que, por pura estupidez, destroem suas vidas e a de milhões de fãs no mundo inteiro, deixando de enriquecer ainda mais o mundo da música? Como diz o velho ditado: “Tudo o que é bom, dura pouco”.

Amy Jade Winehouse, muito obrigada por sua contribuição ao mundo da música, ele nunca mais será o mesmo desde sua aparição.

Universo Alternativo é um blog de entretenimento (ou não), criado em meados de 2009 e, quando nada deu certo, foi morto e reinventado a partir do zero (em 2014) como se nada tivesse existido antes. Gerado diretamente do Caos (Caos), assim como seus irmãos Nyx (Noite) e Érebo (Escuridão), UA é a personificação dos universos paralelos existentes no Cosmos. Para um melhor entendimento sobre o assunto, indicamos o estudo de mitologias de um modo geral.

Deixe uma resposta