Globo de Ouro 2011

Lá vamos nós para mais um ano de premiações importantes do cinema. Antes do Oscar é a vez do Globo de Ouro, que já aquece as apostas para quem levará a estatueta em Fevereiro, na grande festa do cinema norte-americano. A lista de indicados já foi divulgada e chegou o momento de fazermos nossas apostas. Como sempre os grandes candidatos são os últimos filmes do ano, onde grandes diretores se juntam a um grande elenco e decidem fazer algumas obras primas. Os pipocões acabam ficando apagados, sendo cotados apenas para algumas categorias técnicas. Mas como o Globo de Ouro vai direto ao assunto, esses ganhadores técnicos ficam apenas para o Oscar. No Globo de Ouro também são premiadas as séries, mas nessa ocasião falarei apenas dos filmes. Como sou um grande viciado em cinema não perco nenhuma das duas premiações por nada nesse mundo.

Juntamente com a lista de indicados irei incluir quais, na minha opinião, deveriam levar o prêmio. Indicarei o filme em itálico e sublinhando-o, juntamente com o pôster do filme ao lado. Vamos lá…

Melhor filme de Drama
A Rede Social
A Origem
O Cisne Negro
O Discurso do Rei
O Vencedor

É complicado quando não assistimos ainda alguns dos indicados. Nessa categoria, por exemplo, assisti apenas à A Origem, Cisne Negro e A Rede Social. Terei que escolher entre um dos três. Mas acredito que mesmo O Vencedor tendo grandes chances de sair ganhador o vento soprará para outro lado.

Melhor atriz em filme de Drama
Natalie Portman – O Cisne Negro
Michelle Williams – Blue Valantine
Halle Berry – Frankie & Alice
Nicole Kidman – Rabbit Hole
Jennifer Lawrence – Winter’s Bone

Seria uma tremenda injustiça não premiar Natalie Portman como melhor atriz dramática. Ela incorporou a personagem de forma perfeita. Não há o que consertar em seu trabalho em Cisne Negro.

Melhor ator em filme de Drama
Jesse Eisenberg – A Rede Social
Colin Firth – O Discurso do Rei
Mark Wahlberg – O Vencedor
Ryan Gosling – Blue Valentine
James Franco – 127 Horas

Essa categoria está um pouco complicada. Dos atores indicados apenas pude ver a atuação de Jesse Eisenberg, que foi bem, mas não o suficiente para ser o melhor do ano. Resolvi escolher James Franco pela carga dramática de 127 Horas e por já ter visto o suficiente do ator em alguns filmes. Pelo menos foi possível ter uma noção do trabalho de Franco no trailer. Colin Firth também é um ótimo candidato. Mark Wahlberg nunca me convenceu a ponto de entregar um prêmio desse tamanho em suas mãos.

Melhor atriz coadjuvante
Mila Kunis – O Cisne Negro
Helena Bonham Carter – O Discurso do Rei
Amy Adams – O Vencedor
Melissa Leo – O Vencedor
Jacki Weaver – Animal Kingdom

Uma pena Cisne Negro não ter conseguido a mesma força no papel de atriz coadjuvante. Mias uma vez terei que ir no chute, por isso escolho Amy Adams para essa categoria.

Melhor ator coadjuvante
Andrew Garfield – A Rede Social
Geoffrey Rush – O Discurso do Rei
Christian Bale – O Vencedor
Michael Douglas – Wall Street: O dinheiro nunca Dorme
Jeremy Renner – Atração Perigosa

Gostaria muito que Geoffrey Rush fosse premiado. Adoro seus trabalhos e acho o cara um puta ator. Porém, como O Vencedor está forte e Christian Bale já se encontra na briga por premiações há alguns anos, acredito que é a vez dele. Não sou muito fã dele, mas justiça seja feita: Bale manda muito bem em papéis com uma grande carga dramática. Vide O Operário (2004).

Melhor filme Musical ou Comédia
Alice no País das Maravilhas
Burlesque
Red
O Turista
Minhas Mães e Meu Pai

Melhor atriz em filme de Comédia ou Musical
Anne Hathaway – Amor e outras Drogas
Emma Stone – Easy A
Julianne Moore – Minhas mães e meu Pai
Annette Bening – Minhas mães e meu Pai
Angelina Jolie – O Turista

Aqui eu estou indo com a massa. Muita gente está colocando suas fichas em Angelina Jolie. Eu prefiro a Julianne Moore, mas como não assisti O Turista é melhor ser “maria-vai-com-as-outras”.

Melhor ator em filme de Comédia ou Musical
Johnny Depp – O Turista
Johnny Depp – Alice no País das Maravilhas
Jake Gyllenhaal – Amor e outras Drogas
Kevin Spacey – Casino Jack
Paul Giamatti – Barney’s Version

Essa categoria está MUITO difícil. Muita gente boa. Muito filme interessante. Johnny Depp mais uma vez indicado, mas na disputa com Paul Giamatti e Kevin Spacey. Acho que o Giamatti leva, mas espero que eu erre e que Depp saia vitorioso dia 16 de Janeiro. Até porque finalmente ele está em um papel diferente do que tem feito ultimamente.

Melhor direção
David Fincher – A Rede Social
Darren Aronofsky – O Cisne Negro
To Hopper – O Discurso do Rei
Christopher Nolan – A Origem
David O. Russel – O Vencedor

David Fincher fez milagre em A Rede Social. Aronofsky mais uma vez fez um filme arte. Mas Nolan conseguiu nos impressionar com o mundo de A Origem. Tô com ele e não largo.

Melhor Roteiro
A Rede Social – Aaron Sorkin
O Discurso do Rei – David Seidler
A Origem – Christopher Nolan
Minhas Mães e Meu Pai – Lisa Cholodenko e Stuart Bloomberg
127 Horas – Danny Boyle e Simon Beaufoy

Mais milagroso que David Fincher foi o roteirista de A Rede Social (Aaron Sorkin). Ainda não entra na minha cabeça como uma pessoa conseguiu dar dinâmica a uma história tão chata. Merece muitas palmas.

Melhor Animação
Toy Story 3
Meu Malvado Favorito
Como Treinar Seu Dragão
Enrolados
O Mágico

Não tem muito o que falar nessa categoria. Eu gostaria que Como Treinar Seu Dragão ganhasse, mas o forte candidato da Pixar está na jogada. Toy Story 3 fechou de forma emocionante uma franquia que se sustenta há anos.

Melhor filme Estrangeiro
In a Better World (Dinamarca)
I am Love (Itália)
The Edge (Rússia)
The Concert (França)
Biutiful (México)

Trilha Sonora Original
Trent Reznor and Atticus Ross – A Rede Social
Danny Elfman – Alice no país das Maravilhas
Alexandre Desplat – O Discurso do Rei
Hans Zimmer – A Origem
A.R Rahmann – 127 Horas

Música original
Bound to Yout – Burlesque
You haven’t seen the Last of Me – Burlesque
Coming Home – Country Song
I See the Light – Enrolados
There’s a Place for us – As Crônicas de Nárnia: A Viagem do Peregrino da Alvorada

E você? O que acha? Faça suas apostas nos comentários! O Globo de Ouro será transmitido no dia 16 de Janeiro de 2011.


Universo Alternativo é um blog de entretenimento (ou não), criado em meados de 2009 e, quando nada deu certo, foi morto e reinventado a partir do zero (em 2014) como se nada tivesse existido antes. Gerado diretamente do Caos (Caos), assim como seus irmãos Nyx (Noite) e Érebo (Escuridão), UA é a personificação dos universos paralelos existentes no Cosmos. Para um melhor entendimento sobre o assunto, indicamos o estudo de mitologias de um modo geral.

Deixe uma resposta