O Chamado da Estrada

Olá crianças, aqui é o “Titio” Luke, trazendo mais uma peça de magia do passado para vocês. Isso mesmo. Pois dessa vez, eu não vou apenas falar de um carro, e sim de uma aventura. Dessas que quem vive, guarda a experiência até o dia em que a existência de seu corpo se finda (Tem gente que chama isso de morrer).

Comecemos então nosso passeio, comendo um saudável e nutritivo hot-dog à sombra daquele que já foi o mais alto prédio do mundo. Ali, no centro de Chicago, a Willis Tower impõe-se como um colosso de ferro e vidro oferecendo a bela vista do Lago Michigan.

Mas a impaciência toma conta da gente e de um jeito ou de outro, preferimos algo mais movimentado do que isso. O que fazer? Assistir a um jogo dos Bulls? Melhor não, afinal M. Jordan não joga mais. Dar um pulo na academia de Belas Artes da “The School of the Art Institute of Chicago”? Parado de mais.

O que queremos? Um pouco de emoção, certo? Com visões deslumbrantes? Para, no fim, ficarmos desbundados à frente do mar? Acho bom, muito bom. Melhor ainda se for frente ao Oceano Pacífico, vendo aquela vastidão azul e desfrutando de um dos melhores points para surf do globo. Já sei o que eu vou fazer…

"Mãe, cuida das coisas aí, que eu vou dar um rolê..."

Se é pra fazer uma loucura, lá se vão minhas economias, e saio da cidade com meu novo amor. Afinal, eu vou fazer a Rota 66… Conhece? Sabe, não são muitas estradas que se tornam emblemáticas o bastante para virar uma rota de estradeiros do mundo todo.

Atravessando mais de 3.000km do meio-oeste americano, levando até o meio de Los Angeles, essa estrada mostra todo o interior de um país que não se resume a motores, hamburgueres e… deixa pra lá.

Durante um tempo de viagem, o que vemos além da estrada, são as continuações da civilização, em direção às pradarias desérticas do Oeste norte-americano e, depois, do litoral oeste da América.

Você deve estar se perguntando, como planejar e reservar hotel em tanta parada na estrada? Simples. Não reserve. Afinal, foi na Rota 66 que surgiu o primeiro motel do mundo. Pensou coisa errada, né, filhote? Pois saiba que na verdade, a palavra motel vem da junção de motor e hotel, tendo esse tipo de estabelecimento surgido justamente para atender a quem estivesse na estrada e não tivesse se lembrado ou preocupado com uma reserva de hotel.

"Juro que é só pra dormir."

De tal modo que a estrada está arraigada na mente do povo, temos filmes falando sobre a estrada, ou na estrada (Easy Ryder e Bagdad Cafe), além de pulularem na rede relatos de aventureiros que resolveram fazer a peregrinação sobre rodas mais famosa do mundo.

Pois é, a estrada é cultura. E tem história, pois desde 1935, estradeiros do mundo todo se reunem para viajar naquela que é a via Sacra dos motociclistas.

Com toda essa aura do espírito americano, após passar cidades como Tulsa, Springfield, Albuquerque e mais de meio país para trás, lembre-mo-nos de que comer, nos EUA, é uma lição sobre o país. O que fazer, senão passar defronte o lugar onde foi aberto o primeiro McDonald’s da face da Terra? Isso mesmo. Ali, no fim da jornada, em San Bernardino, fica o lugar onde começou a magia do “Amo muito tudo isso” (não exatamente, mas fica pra outra). Infelizmente, há tempos que aquela unidade está fechada, mas o logo permanece mantido como um marco para a posteridade.

"Não esqueça o filtro solar." - Pedro Bial

Enfim, qual a idéia para sair, sozinho ou com outro amigo em sua moto, para enfrentar uma estrada longa, rumo a um lugar totalmente diferente? Talvez a própria pergunta seja a resposta, não?

E terminar de frente ao mar, tomando uma merecida cerveja na Santa Monica Boulevard, de frente ao Oceano Pacífico.

"Garota eu vou pra Califórnia..."

Consta em meus planos sair no asfalto, sobre uma Custom Harley Davidson e viver dessa sensação, que provavelmente será única. Sabe, acho que por ostentar um sonho típico americano, dos anos 50/60, que digo com uma entonação cada vez mais certa: Tô ficando velho.

Universo Alternativo é um blog de entretenimento (ou não), criado em meados de 2009 e, quando nada deu certo, foi morto e reinventado a partir do zero (em 2014) como se nada tivesse existido antes. Gerado diretamente do Caos (Caos), assim como seus irmãos Nyx (Noite) e Érebo (Escuridão), UA é a personificação dos universos paralelos existentes no Cosmos. Para um melhor entendimento sobre o assunto, indicamos o estudo de mitologias de um modo geral.

Deixe uma resposta