A Passagem


Autor: Justin Cronin
Título Nacional: A Passagem
Título Original: The Passage
Ano de Lançamento: 2010
Número de Páginas: 816 páginas
Editora: Sextante
Tradutor: Ivanir Calado

Sinopse: A trama começa com uma experiência do governo norte-americano que deu errado. Em uma instalação secreta, a segurança é quebrada e liberta um grupo de condenados à morte infectados com um vírus modificado em laboratório. Agora eles possuem grande força física, alta capacidade de regeneração e hipersensibilidade à luz. Apresentam um comportamento animal e insaciável sede de sangue.

Quase um século depois, um em cada dez habitantes do planeta foi afetado, enquanto os outros se tornaram vítimas destas novas criaturas. A resistência é uma comunidade fortificada nas montanhas, com holofotes superpotentes.

Como a comunicação foi cortada, os habitantes destas muralhas não sabem ao certo se são os únicos sobreviventes. Agora, quando as baterias começam a acabar e a ameaça noturna espreita, uma garota surge. Aparentemente, ela possuiu as habilidades dadas pelo vírus, mas não a sede de sangue. A órfã, de 6 anos, será protegida pelo agente Brad Wolgast, do FBI, enquanto um grupo parte em busca de mais sobreviventes e uma forma de por fim ao caos instaurado no planeta.

O que eu achei: A última coisa que eu queria era mais um livro sobre vampiros, mas como na contra-capa tinha um depoimento do Stephen King falando que o livro era bom, quem sou eu para discordar?

Esta é a história de vampiros que você não pode perder: 15 páginas são suficientes para cativá-lo; depois de 30, você se descobrirá prisioneiro, lendo noite adentro. Um livro com a força dos épicos.” – Stephen King

Esse livro trás os vampiros de volta as ‘origens’, sem nenhum romance ou questões existenciais. Finalmente. É uma história interessante que inova a mitologia, mas sem perder os trilhos, misturando Ficção científica pós-apocalíptica, horror e suspense.

Além de ser aquele tipo de livro que você não consegue largar até chegar no final, mesmo sendo no formato “tijolo” com suas 816 páginas, você consome as páginas sem nem sentir. E fica desesperado por mais, afinal “A Passagem” faz parte de uma trilogia, e os próximos volumes devem sair em 2011 e 2013.

5 estrelas.

One Comment

  • GuXta

    20 de novembro de 2010 at 1:00 am

    Pois é… Eu tb tô cansado de vampiros. Eu já tentei migrar para essa tentativa de modificação genética e etc. mas tb não deu certo. Estou falando de ‘Noturno’, livro do Guillermo Del Toro e Chuck Hogan. Ainda há resquícios de lendas urbanas e mitologia, mas existe a coisa do vírus, o que deixou o que já era ruim ainda pior. Até do RPG com esse tema tenho fugido.

    Dessa vez eu passo. Vou aguardar a próxima postagem indicativa, mesmo tendo bastante coisa já indicada por vc, hehehe.

    Responder

Deixe uma resposta